Enquanto isso, numa delegacia de polícia… (parte 2)

by

No capítulo anterior, o bravo delegado de plantão pediu ao Escrivão que segurasse nosso herói Chapaulinho Querelado enquanto ele terminava a confecção de um flagrante. Trampo feito, sai a ordem:

– Escriba, traz o cidadão aqui!

– Pra já, Doutor! Vamo lá, ô “periodista”! (riso contido)

– Então, conta aqui pra mim: você é jornalista, é isso?

– Não, Doutor! Sou PERIODISTA! P-E-R-I-O-D-I-S-T-A.

– Tá, tá (olha para o teto, desolado). Trabalha onde? Em qual P-E-R-I-Ó-D-I-C-O?

– Sou ChapaulinhodoblogdoChapaulinhoedoSiteMidiaSemMedia. Nunca ouviu falar?

– Hmmm, não, nunca. Mas isso não tem importância. Conte a história.

– De novo? Já contei tudo ao seu vass, ops, escrivão! Enquanto ficamos nesse lengalenga, a locupletação corre frouxa entre os bandidos! Vai sair até o Estelionatão Arena, o sr. sabia?

– Olhaqui, ô periodista, você tá falando com uma autoridade, não é com suas negas, não, ok? Se não quiser contar, foda-se. Pega tuas coisas e se manda, antes que eu te deixe passando uma noite agradável no corró, pegando frieira.

– Errr, desculpe, Doutor! É que eu, na qualidade de paladino incansável em prol da moralidade e da VERDADE, não compactuo com os bandidos da “organização”, e preciso ser protegido, mas ninguém me ouve! Isso me incomoda muito, entende? (começa a chorar)

– Tá, tá, tá! Desembucha logo!

– Então, Dr., o rapaz que tá lá fora esperando foi contratado para me espionar. E os contratantes estão todos aqui… (tira um pergaminho com 500 nomes da mochila)

– E COMO você descobriu?

– O rapaz pago por eles para me espionar me contou.

– COMO É? O espião te contou que ELE tava te espionando? HAHAHAHAHAHAHAHA! Escriba, chama o PM, por favor, o rapaz tá me tirando…

– Não ria, Doutor! É sério. Essa gente é muito perigosa. Eu explico: o Coronel Via Dutra e o Dr. SuperMario Brobbis (o sr. conhece? é colega seu!) contrataram o Araponga para me espionar, apavorados que estavam com minhas denúncias bombásticas que…

– Tá, até aí eu entendi: mas por que cargas d’água ele não terminou o serviço dele e foi correndo te contar?

– Porque o pobre Araponga desconfiou que não ia receber o valor combinado e, claro, percebeu que eu sou um puta cara legal, bacana, honesto e se arrependeu de estar do lado negro da força, entende?

– Escriba, traz o elemento-araponga aqui, por favor?

O Araponga entra na sala, se cagando todo:

– Ó dotô, eu nem sei tanto assim dessa fita, viu? Só corro pelo certo, já me desviei, mas agora virei até crente, sabe?

– SHHHHH. Não te perguntei nada, ainda. Vou perguntar agora: tu faz o quê da vida, cidadão?

– Ah, Dotô, eu tenho uma empresa de higienização de nomes. Mas a gente faz o que fô piciso pa botá u leiti na boca dus bacuri, nénão? Mas só fita certa, qui eu sô sujeitu homi!

Cuméquié? Higienização de Nomes?

– É, dotô! A gente limpamo os nome dos pessoal que atrasô as prestação dus carnê, sabe? Só siviço social dubem! Pra rapaziada podê si inscrevê nus pograma da casa pópria do Lula…

Chapaulinho levanta da cadeira:

– COMO ASSIM? Você tá mancomunado com o LuLLa? Ora, ora, essa NEM EU sabia, Doutor!

– Calaboca OS DOIS! Quem pergunta aqui sou eu! Então, Araponga, dá aí a tua versão, continua!

– Então, dotô, eu tava lá no meu escritório, diboua, fazendo meus corre, quando recebi uma proposta pra ispioná o Chapaulinho e a ex-muié do Taxinha. Era fita de milgrau, ops, siviço de R$ 5.000,00. O Coronel Via Dutra falô que era preu ficá na cola do maluco i levantá a capivara dele…

– Sim, e você começou o serviço?

– É, dotô, eles me passô o indereço da facurdadi do Chapaulinho, eu fiz mó campana lá, mas o maluco nem aparecia nas aula, aí num tinha nada pá mostrá pru Coronel…

– Mas, vem cá: você é limpador de CPF ou detetive particular?

– Us dois, dotô. Us dois. I otras fita certa qui aparecê é cunóis memo!

– E você tem equipamento pra fazer grampo telefônico?

– Vixi, nem tenho, é uns baguio caro pa porra! Mas aí eu, qui sô macaco véio, tive uma idéia… Liguei pra esse manezão aí e falei que queria dar um presente pra ele…

Chapaulinho levanta OUTRA VEZ, indignado:

– Doutor, é MENTIRA! Eu tenho OUTRA testemunha!

– Ah, é? E quem é?

– Rá! Nada mais, nada menos que… ELE!

CYBORG, O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES!

(continua no próximo capítulo…)

Anúncios

9 Respostas to “Enquanto isso, numa delegacia de polícia… (parte 2)”

  1. Enquanto isso, numa delegacia de polícia… (EPÍLOGO) « No Cu dos Juquinhas Says:

    […] Clique aqui para ler o CAPÍTULO 2 […]

  2. Paulo Teixeira Says:

    Enquanto isso, lá em S. Januário, o ex-vice Jurídico botou a boca no trombone e entregou a fonte do paulinho Bundão…
    http://www.casaca.com.br/home/2010/09/11/mais-provas-de-uma-acao-criminosa/

    • Mr. Donates Says:

      AHHAHAHHAHA

      Desde quando um site que faz propagando para Eurico tem credibilidade? O Paulinho Bundao se corrompeu em pro do Eurico! Quanta credibilidade!!! Assim se ganha dinheiro para fugir da faculdade!!!!

      Qual a real fonte do Paulinho Bundao?

  3. Enquanto isso, numa delegacia de polícia… (parte 1) « No Cu dos Juquinhas Says:

    […] As encomendas que o motoboy não entrega… « A verdade venceu a loucura Enquanto isso, numa delegacia de polícia… (parte 2) […]

  4. Nocudamaedetodos Says:

    Será qaue não aparece um corno de um boca de aluguel para explicar por q

  5. DeMaior Says:

    Quando a legiao dos super-heóis for contactada com pedido de SOS, o Kaju-Juka estará no fórum e não poderá ir, o CitiRoket não vai escutar por causa do agudo da ópera no castelo, o Kanguru Perneta não vai acreditar e vai pensar que estão querendo derrubar novamente e aí o Zamper-Fiori, o ex-herói de braço curto vai aparecer.

  6. Henrique Says:

    Porra, o melhor é quando o 1nho começa as frases com o “Rá!”.

    HAUSHAUSHUSHAUSHSUAHAHSUHWSUAHSUSHAHAHA!!!

  7. paulomonteiro Says:

    SeuCUZ cuida do seu time o parmeirinha..
    Para de tumultuar o Curintia…….
    Os ministério público já tá na minha cola por conta desta parceria que fiz com o sr.
    O CuzdeSovaco é um droga.

  8. Nocú Says:

    Será que o jovem arapongado também denunciou o Eike, a máfia Russa que sumiu com o Kanú, O MN por fazer merchan, o Berezoviski que quer comprar o Brasil fiado e não pagar???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: