O telefone tocou novamente! – O JUÍZO FINAL

by

(continuação da saga: capítulo 1 aqui, capítulo 2 aqui)

Nosso herói acorda cheio de energia, e corre para seu computador. Afinal, no dia anterior foi linkado no blog do mestre. Isto é só para poucos e para os BONS QUE O SEGUEM.

– Rá, deve ter uns 5.000 comentários na moderação, 1.500.000 pageviews. Vixi, mano, o que deve ter de elogio da plêiade do bem, falaê! E propostas de patrocínio, hein? Coca-Cola, AMBEV – não, AMBEV não, bebida eu não aceito -, Itaú – não, Itaú não, deixei um B.Ozinho lá NOS DOIS CPFs, vai que os caras querem descontar da fatura -… Rá, eu não sou o Neto, mas eu sou fooooda…

Enquanto navegava na maionese, Chapaulinho Querelado abre o administrador do MSM. Os pageviews aumentaram, é verdade, mas tá cheio de comentário de gente diferente, uns IPs do nordeste, galera metendo a boca, alguns mostrando situações idênticas às da denúncia, envolvendo até o Ronaldinho Gaúcho.

– Rá, vassalos “embaianados” do poder corrompido! Inveja é uma merda. Pobre Bahia… Vamos ver a repercussão no blog do mestre. Esta sim é a que vale taça!

Ao abrir o blog-mestre, a surpresa desagradável: dezenas de comentários achincalhando seu autor por dar guarida a uma bobagem de um ilustre desconhecido. Pior, alguns expondo os “pequenos equívocos”  investigativos anteriores do nosso herói: “hahaha, esse tal Chapaulinho Querelado é aquele que diz que Fórmula 1 tem farol, Juca?”, dizia um lambe-botas; “é vergonhoso que um jornalista do seu porte contribua para a disseminação de boatos irresponsáveis como este”, disse outro. A página estava coalhada de ataques a ele, Chapaulinho Querelado, e o mestre aprovara todos! ABSURDO!

– Como pode? Será que a máfia russa invadiu o blog do meu ídolo? Vassalos hackers do poder cibernético corrompido? Teria sido meu juquinha sequestrado e encarcerado junto com Kanu na Ucrânia? Não é possível! Vou ligar JÁ para ele e tirar isso a limpo! Sigam-me os bons!

—————————————————

O telefone toca num apartamento/escritório de Higienópolis:

(Telefônica) – tanã, tananã, tananã! chamada a cobrar, para aceitar…

(Secretária, enquanto ouve a maldita mensagem) – Xi, deve ser o motoboy maluquinho de novo! Valha-me, Nossa Senhora!

(JK) – Dona Mariquinha, nada de religiosidade aqui, já disse!

(Secretária) – Desculpa, che…(a ligação completa) Oi, Chapaulinho, que surpresa você ligando!

(CQ) – Dona Mariquinha, estou sem tempo para conversas amistosas agora, preciso falar urgente com o mestre. Sem mais delongas, por favor. É caso de vida ou morte!

(Secretária) – Um momento, vou ver se ele está. [mute mode: on]. Chefe, é…

(JK) – Já sei, já sei, é o Chapaulinho, né? Saco, a gente dá a mão, eles querem o braço, dá o braço, eles querem o… ah, passa logo esse merda aqui!

(JK) – Chapaulinho, meu pupilo, jornalista promissor, como vai, meu querido?

(CQ) – Com todo o respeito e veneração que o senhor me merece, estou MUITO PUTO com o senhor.

(JK) – O que houve, meu sucessor na defesa da moralidade? Não te linkei ontem no blog? Fala a verdade, deve ter lotado teu “sítio”, não?

(CQ) – Com o meu site tá tudo bem, o problema é com o SEU. Os vassalos alaranjados, amarelados, esverdeados e até avermelhados (petralhas malditos!) do poder corrompido encheram o SEU post de calúnias contra a minha pessoa! E o senhor aprovou tudo! Virei alvo intergaláctico de chacotas! E a minha credibilidade, como fica?

(JK) – Peraí, vou dar uma olhada.

Juquinha põe o motoquerelado na espera, vai ao post e não consegue conter o riso: “PQP, zoaram o motoboy grandão! HAHAHAHAHAHA! Nossa, nem tinha lido essas pauladas, aprovei tudo na galega! HAHAHAHA”

Juquinha se recompõe do frouxo de riso e volta ao telefone:

– Mas que coisa, hein? Esses TELEGUIADOS do Andrés não te dão sossego! Mas vá se acostumando, colega! Vida de jornalista investigativo com credibilidade, honestidade e isenção é assim mesmo! A máfia não dá mole! Veja eu, cheio de proce…

(CQ, interrompendo) – Tá, tá, mas como é que fica? Aqueles lambe-botas do NCDJ já printaram todos os comentários, replicaram no twitter, orkut, facebook e o cacete!

(JK) – Caro Chapaulinho, você já ouviu falar em Goebbels?

(CQ) – Quem? Joga no Corinthians? Aposto que é jogador do Carlos Leite, né? Outro furo de reportagem?

(JK, suspirando) – Deixa pra lá… É assim, aprenda: quando uma notícia não bate com os fatos,  entorte os fatos. Quando não nos favorece, esconda. Eu já te ensinei isso, lembra?

(CQ) – Ah, lembrei, a T.G.T. (Teoria Geral do Toco), né?

(JK) – Isso, pupilo brilhante! Simples assim: entro lá agora, apago tudo. Se alguém reclamar, desqualifico o mensageiro: chamo de vassalo, lambe-botas, mancomunado, TELEGUIADO. Meto uns oito posts enche-linguiça pro incômodo sair da página inicial do “sítio” e pronto! Caso encerrado. Internet é bom por isso! Se fosse jornal impresso, era mais difícil.

(CQ) – Ah, mestre! Como eu me orgulho do senhor! Muito grato! Quando eu me formar, quero ser igualzinho ao se… (TU, TU, TU, TU…)

6 Respostas to “O telefone tocou novamente! – O JUÍZO FINAL”

  1. petralha em ação Says:

    Eu já revelei aqui. O meu sonho é ser comentarista de arbitragem de um blog esportivo. O probo é o meu modelo. SEus comentários abalizados mostram o quanto é injusto ele estar no ostracismo enquanto os Arnaldos Coelhos da vida se exibem no Plim-Plim. Agora que eu fiquei sabendo que este verdadeiro mito da arbitragem varzeana tem uma obra publicada, um verdadeiro best-seller que rapidamente evaporou das prateleiras da mais conceituadas livrarias, o entusiasmo tomou conta do meu ser. Terei afinal um manual para realizar o meu sonho. Se alguém souber de algum sebo onde eu posso encontrar esta obra-prima, favor me avisar. Obrigado.

  2. Passageiro Says:

    Esse post foi campeão… tô rindo até agora!!!

  3. CK Says:

    Muito bom, rachei de tanto rir!

    A melhor parte foi o Juca falando: “PQP, zoaram o motoboy grandão! HAHAHAHAHAHA!

  4. José Agnaldo Says:

    O Kfouri esqueceu de apagar um comentário… Esse ainda tá lá:

    Ari diz:
    27/04/2010 at 10:05 PM
    Juca,

    o estilo do Paulinho não combina, nem um pouco, com o tipo de jornalismo que vc prega.

    Além de emitir opiniões pessoais um tanto quanto esdrúxulas, “palpitando” sobre assuntos do qual não tem o mínimo conhecimento (ao falar sobre Direito, por exemplo, vocifera verdadeiras barbaridades, como se fosse um verdadeiro jurista), vive difamando terceiros com uma gramática sofrível, diga-se de passagem.

    Não se de onde vem a credibilidade. Sinceramente, não entendo.

    Abço!

  5. ADES Says:

    S E N S A C I O N A L !!!!!!

  6. Carlos Says:

    Na boa, velhinhos: mataram a pau. Se bem que nosso amigão Jucão retirou os comentários com tanta pressa que deixou por lá (está até hoje) uma resposta dele a um comentário retirado. Ficou lá, jogado entre comentários nada a ver: “Juca responde: no meu entra sem problemas” huhuahuahauhauahauahau. Seria uma mensagem subliminar assumindo na boa sua homossexualidade?
    Sobre a pressa do Jucão: será que nosso amiguinho 1nho tem testosterona o suficiente pra deixar claro para JK e Roc Cit que os tem no bolso ?
    E sobre o post de hoje (nos dois blogs) a respeito do Conrado – Nun-sei-de-quê?Acordo de cavalheiros?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: