Paul1nho caloteiro:onde tudo começou

by

O Blog Nunca Dorme.

Enquanto você  se  iludia pelo clima natalino imposto pelo locupretador de sonhos de milhões de crianças do mundo todo, fruto de mais uma nefasta e bandida criaçao do playboy da máfia russa, Kia Joorabchian, apoiado por Andres Chances e sua malta de bandidos que infestam o Parque São Jorge, a equipe de jornalistas do blog abandonava o primeiro naco de pernil e ia a campo obter mais um furo de reportagem.

O Blog descobriu o motivo do nosso escriba e fonte de inspiração, Paul1nho, o Ìnfimo de Liliput, ter entrado para o mundo do estelionato.

Em 21 de janeiro de 2008, o Escriba 1nho concedeu esta entrevista (esse garoto vai longe!) ao Reuters.

O link da reportagem pode ser encontrado aqui:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,motoboys-aceleram-protestos-e-agravam-caos-em-sao-paulo,112710,0.htm

QUESTÃO DE IMAGEM 

Dono de uma empresa de entregas, Paulo Cézar de Andrade Prado, 35, trabalha com cinco pessoas e acha justificável o preconceito contra os motoboys. 

“Mais da metade dos funcionários que tive me lesou, sumiu dinheiro. Tem muita gente desqualificada, sem alternativa de emprego. Os poucos bons pagam por isso”, disse. 

“Não dá para melhorar a imagem quando você corre o risco de encostar seu carro em um deles e mais de 20 aparecerem para te agredir. A maioria não é registrada, as empresas não têm política para a profissão e isso atrai muita gente disposta, inclusive, a transportar carga ilegal”, comentou. 

Cientes da má fama, os motoqueiros criaram há três anos um festival para melhorar a imagem, com direito a eleição de miss motoboy. Nem sempre a vencedora sabe guiar uma moto. A próxima edição, a partir de 24 de janeiro, terá um tom mais político, diz Luis Augusto de Alcântara Machado, diretor do festival. 

“Os maus elementos são os que se destacam entre os motoboys e o festival serve para dar um reconhecimento positivo para eles.” E alerta: “Por trás tem muito empresário que trabalha em três turnos porque sabe que vai ter motoboy para ajudar”. 

(Reportagem de Maurício Savarese)

Blog Nocudosjuquinhas orgulhosamente apresenta: CPF1 e CPF2

 

Madona Mia!

Tenhamos piedade dessa pobre alma que se locupreta dos trocos das entregas, que aplica calotes em senhoras indefesas como Dona Renata, que burla o FISCO e a RECEITA com seu duplo CIC (CPF pros mais modernos), porque tudo isso é resultado de um processo neurolinguistico conflitante numa mente conturbada controlando um corpo que sofria com os calotes dos seu exército de iguais, os próprios motoboys.

Oremos.

Pobre Motoboy.

3 Respostas to “Paul1nho caloteiro:onde tudo começou”

  1. manuel Says:

    eu sou rebelde porque o mundo quis assim
    porque nunca me trataram com amor…

  2. Erivelton Says:

    Nao deve ter sido ele que deu a entrevista. O reporter deve estar tentando se locupletar em cima dele…

    A unica empresa que ele tem é de outra natureza…

  3. richarlindon Says:

    Dono de uma empresa de entregas??? Como assim???

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: