Imagem Meramente Ilustrativa (para bons entendedores, “evidente”)

16 de agosto de 2012 por

Para desespero das Chapauletes ensandecidas, resolvi dar uma passadinha por aqui, uma vez que o nosso herói do periodismo voltou a aprontar das suas, e essa derrapada eu achei engraçada.  Acompanhe as imagens:

Jornalismo-charada-com-credibilidade em ação

 

De acordo com as fontes fidedignas chapaulinianas, um jogador palestrino teria chegado breaco para treinar. Como se depreende da leitura da nota, o nome do jogador foi omitido pelo periodista, não se sabe o motivo, mas ele tratou de explicar, em resposta a um leitor “daquele espaço”:

 

Chapaulinho sempre usa “o leitor inteligente” ou “um bom observador” para cativar seus fãs

Chapaulinho Condenado “deixou sinais na postagem” que possibilitariam descobrir o bebum, certo? E que sinais seriam estes? A única dica no texto seria somar “jogadores que não atuaram contra o Fluminense” com “dos mais conhecidos” e… EPA, MAS PERAÍ, TEM UMA “imagem meramente ilustrativa” no post, do que se trata? Uma árvore? Seria a foto da temível Árvore do Parque São Jorge que abastece o periodista de bombásticas revelações? Não, não é possível, Chapaulinho preserva suas fontes, é jornalista diplomado com MTB e tudo o mais.

Conforme se observa no print acima, o leitor inteligente João matou a charada: a foto é de um CARVALHO, o mesmo sobrenome do atleta “dos mais conhecidos e que não atuou contra o Fluminense” Daniel Carvalho.

O João postou que era Daniel Carvalho o pinguço; Chapaulinho não negou e publicou o comentário. Para piorar, publicou DEZENAS de comentários que indicavam Daniel como sendo o atleta indisciplinado. Vá até lá e conte quantos ele deixou passar.

Só que, no dia seguinte, descobriu-se que o alcoolizado era, na verdade, JOÃO VITOR. Daniel Carvalho estava na sala de fisioterapia, recuperando-se de uma contusão e não treinaria de jeito nenhum, sóbrio ou bêbado.

Ué, e agora, Chapaulinho? Faiô? Se você sabia que não era o Daniel, por que não negou a aos “leitores inteligentes” e os deixou serem “induzidos ao erro”?

Ora, só mesmo um ingênuo como eu faria uma pergunta dessas, porque Chapaulinho Condenado é astuto e SEMPRE TEM uma saída. Veja o que ele respondeu a outro comentarista:

“Não contavam com minha ASTÚCIA!”

 

Claro, Vermelhinho, todo mundo que escreve sobre bebida alcoólica usa exatamente UMA ÁRVORE para ilustrar o texto, né? Como pudemos ter sido tão burros a ponto de não percebermos que essa espécie arbórea era um “pé de João Vítor”?

——————————————————————

“Em tempo”: as postagens do NCDJ (de minha autoria) continuarão sendo raras, porque já me deu no saco ficar lendo aquela pocilga. Quando houver um “furo de reportagem chapauliniano” que realmente mereça um post, talvez role. Recomendo cadastrar-se para receber por email os avisos de atualização do blog. Um abraço aos amigos do NCDJ.

——————————————————————

Mas olha QUEM fala em “desobediência judicial”!

11 de maio de 2012 por

Chapaulinho Multicondenado é uma espécie de Demóstenes Torres do periodismo: consegue apontar nos outros os mesmos erros que comete (quando os dele não são ainda piores), com uma desfaçatez que chega a corar quem ouve.

Vingador Escarlate acusa Milton Neves de descumprir acordo na justiça com o assessor de imprensa de Felipão, Acaz Felleger. Parafraseando o periodista, é muito feio “não honrar de pé o que se promete sentado”. Ser “mais esperto que a esperteza” (Mamãe de Cuecas adora essa frase), então, é horrível.

Agora, vejam também como age o Escarlatinho quando a bucha estoura no colo dele: tramita no Fórum Criminal da Barra Funda a ação penal nº 0089265-77.2011.8.26.0050, tendo como vítima o Sr. Raphael Falavigna e como réu um tal de Paulo Cesar de Andrade Prado. Nesta, o sr. Raphael acusa Paulo de tê-lo difamado (art. 139, CP) em um programa da TV Cultura, chamado “Provocações”, conduzido pelo ator Antonio Abujamra.

Em 27/02/2012, compareceram as partes ao Fórum, para audiência preliminar, visando a conciliação. Acreditamos que Chapaulinho estava sentado quando se comprometeu a fazer o que segue abaixo:

“Apregoadas as partes, compareceram as pessoas acima mencionadas, cada qual apresentando sua manifestação, conforme supra anotado em resumo. Iniciados os trabalhos restou frutífera a composição civil entre as partes nos seguintes termos: O autor do fato publicará em seu blog e manterá o texto pelo prazo de 30 dias, resposta da ora vítima, consistente em texto escrito. Que o texto da resposta será depositado nestes autos no prazo de 05 dias, contados desta audiência. Que independentemente de notificação ou intimação, caberá ao autor do fato recolher o texto depositado nos autos e, num prazo de 10 dias contados da data desta audiência, veicula-lo em seu blog. Que o texto inicialmente deverá se publicado na página de abertura do mencionado blog. Decorrido o prazo de 30 dias e mantida a inserção do texto no blog, ao final do referido prazo as partes concordam com a extinção da punibilidade do autor do fato, em decorrência do presente acordo. Caso a resposta não seja veiculado no blog ou caso a resposta, se veiculada, não permanecer acessível pelo prazo estipulado por 30 dias, fica resolvido de pleno direito deste acordo para que a ação penal tenha normal prosseguimento em seus ulteriores termos.” (grifos nossos)

Até HOJE (11/05/2012), nem uma linhazinha sequer do texto escrito pelo querelante para publicação apareceu no blog de Chapaulinho. Raphael ficou muito chateado. Afinal, o que prometemos sentados devemos cumprir em pé, de acordo com a preleção chapauliniana. Principalmente quando estamos à frente de um Juiz de Direito, porque lá a cuíca ronca alto.

Já que o Escarlatinho, como sói (Mamãe de Cuecas também adora essa), “se achou mais esperto que a esperteza”, só restou ao querelante comunicar ao Juízo que o acordo tinha feito água. O Dr. José Zoéga Coelho, por consequência, exarou o seguinte despacho:

Até o presente momento, os defensores de Chapaulinho não se manifestaram. Portanto, deve prosseguir a ação penal, com provável prolação de sentença condenatória. Mais um “atestado de idoneidade” ao nosso Vingador.

Vereadores tentam doar terreno da Prefeitura… para a Prefeitura?

23 de abril de 2012 por

A gente fica lá, quieto no nosso canto, mas o Gênio dos Gênios Chapaulinho Multicondenado, o maior periodista da internet escrita, falada e televisada insiste em nos cutucar com suas investigações mirabolantes.

Vejam essa: de acordo com o Iluminado do Jornalismo e suas pesquisas abiloladas, vereadores-metralhas (imagem meramente ilustrativa) estariam favorecendo uma “empresa de pequeno porte” para que abiscoitasse os CTs do São Paulo FC e da SE Palmeiras, vizinhos de Barra Funda.

O “equívoco” do periodista começa na primeira linha do texto e termina na última. Pra começo de conversa, é impossível a Prefeitura desapropriar algo que já é dela (os terrenos dos CTs foram cedidos aos clubes em regime de comodato mediante contrapartidas sociais – em português, foram emprestados). “Desapropriar” significa retirar a propriedade do particular e transferi-la ao poder público mediante indenização ao particular. Tudo bem, essa até passaria. Sigamos, que o pior ainda está por vir.

 E essa “empresa de pequeno porte” (EPP)? Quem seriam os donos? Kia, Taxinha, Luxemburgo, Juvenal Juvêncio [insira aqui seu vassalo predileto]? Eu conto: é VOCÊ o dono da SPUrbanismo, sabia? É, vassalinho, você mesmo!

A “EPP” SP Urbanismo tem site, e é este aqui. “Dr. Norberto, cê tá doido? Esse site é da Prefeitura de SP!” Pois é, é aí que a porca torce o rabo: a SPUrbanismo é uma AUTARQUIA MUNICIPAL. Como a SPTrans, a SPTuris ou a CET.

Chapaulinho Condenado descobriu as maravilhas das consultas de cadastros públicos. O site da Junta Comercial de SP é um dos seus favoritos. Lá ele descobre os sócios, tira fichas cadastrais etc.

Para tentar entender a caraminhola periodística que levou nosso herói a apontar trambique dos vereadores num ato aparentemente de proteção ao patrimônio do povo, fizemos o caminho dele: consultamos o nome “SP Urbanismo” na JUCESP. São vários resultados, mas um salta aos olhos: o da “SP Urbanismo E PARTICIPAÇÕES”, empresa sediada em Avaré – SP. E foi exatamente esse que ele usou por base para fazer sua reporCagem. Como sabemos? Simples: é a única das empresas com nome semelhante que fez registro de enquadramento como EPP recentemente. “Evidente” que uma autarquia municipal como a SPUrbanismo não poderia buscar enquadramento como EPP, o “leitor inteligente” entenderá.

Por sorte, Chapaulinho Abilolado não colocou na roda os nomes dos sócios, CNPJ etc. da pequena empresa de Avaré, pois estaria sujeito a mais alguns processinhos em seu atestado de idoneidade.

——————————————–

“EM TEMPO”: O NCDJ agradece ao vassalo Dark pelo preciso apontamento de mais uma “indução ao erro” do nobre periodista.

NCDJ Fashion Wear

16 de março de 2012 por

—————————————————————————————–

PUBLICADO ORIGINALMENTE EM 21/05/2010

Acho que nossas camisetas são bem mais criativas que as expostas na Chapaulinho’s Fashion Wear. Se você quiser, pode copiar e colocar no seu lodjinha virtual, amigo Chaps.

(agradecemos ao vassalo Diego Cati por nos lembrar deste post)

——————————————————————————————

A equipe do NCDJ´s BN decidiu diversificar a busca de receitas, todos que nos visitam tomaram conhecimento da grandiosa e caríssima operação Cavalo de Tróia no Fórum, porém mal sabem a grana que tivemos que investir na parada; praticamente acabamos com o polpudo saldo conseguido através de singelos donates daqueles que financiam este anedotário cibernético e que estava sigilosamente depositado em um banco suíço.

Após minucioso estudo mercadológico, este blogue resolveu lançar uma nova marca de vestuário: NCDJ Fashion Wear, a etiqueta que vai bombar no verão londrino em 2010!

Tito Trigo – Diretor Executivo de nossa Sucursal em Londres – incentivador e grande artífice de nosso mais novo empreendimento, fez das tripas coração e conseguiu, numa tacada de mestre, que o lançamento acontecesse com garbo e elegância na meca mundial do luxo, simplesmente o endereço mais badalado de todo Reino Unido: a Harrods!

NCDJ´s BN marca presença na fachada mais badalada de Londres. Um luxo!

Uma maçiça campanha publicitária se seguiu no site da própria Harrods e nas melhores revistas de modas da Europa, agora temos a prazer de informá-los que em breve estarão disponíveis na 25 de março toda a coleção 2010 da NCDJ´s Fashion Wear com suas “T-shits No cu” personalizadas.

Print do site da Harrods, que comercializa com exclusividade nossa marca em solo Europeu.

Harper's Bazaar: a revista que orienta a moda européia também estampou em suas páginas nossa peça publicitária de lançamento.

Este blogue – apesar de fartamente financiado – só tornou-se famoso graças a vocês,  sendo assim, aqueles que aqui nos  visitam terão uma participação nos lucros (ou prejuízos) auferidos com a venda das “T-shits No cu”, é a forma que encontramos de retribuir-lhes o carinho e a colaboração.

Aproveitem e colaborem com nossa próxima coleção primavera-verão “T-Shits No cu”, envie nos comentários sugestões para novos modelos de nossas camisetas exclusivas!

Informamos ainda que os Oficiais de Justiça que comparecerem ao Fórum Criminal no dia 27 com uma intimação assinada pelo 1nho, ganharão uma lindíssima camiseta de uma das nossas linhas: basta procurar o Vassalo Móvel que estará estacionado entre o pipoqueiro e o dogão.

Veja abaixo as diversas opções e os modelos exclusivos de lançamento de nossas linhas:


LINHA 1NHO:



LINHA PADR1NHOS:

LINHA PROBO:


NCDJ Fashion Wear & “T-Shits No cu”: Breve no camelô mais próximo de você!

Mais um dia duro na vida de um jornalista investigativo

30 de janeiro de 2012 por

- Alô?

- É o Chapaulinho Encalacrado, jornalista investigativo pau pra toda obra?

- Ele mesmo. Como descobriu meu Chap-Fone?

- Isso não importa agora. Então, eu li no seu blog que Vwanderleiy Luxemburgo faz falcatruas no futebol, e gostaria de te passar mais algumas informações.

- E você é quem?

- Sou da “organização”. Quer dizer, eu fui expulso da “organização” e quero me vingar deles. Tenho muitos documentos para te dar e acabar com eles.

Neste momento, as anteninhas de vinil que captam a presença do inimigo começam a vibrar.

- Hmmmm. Ok, podemos marcar um encontro, então.

- Certo, que tal AQUI NA MINHA CASA?

- É, parece um EXCELENTE lugar!

Chapaulinho anota o endereço e voa com sua motoca envenenada para o covil dos criminosos, sem saber que está caindo em uma armadilha.

- BLIN BLON!

O malfeitor avista Chapaulinho pelo olho mágico e abre a porta.

- Chapaulinho, quanta honra!

- Sem falsas mesuras, “meu caro”. Vamos direto ao ponto. O que você tem aí para mim?

- Errrr, então, sabe como é, na verdade eu te chamei aqui porque tenho uma oferta do Wvanderleiy.

- Como assim? Você não ia me passar as informações? Tá pensando que eu sou mais um vassalo do poder corrompido?

- Calma, amigo, senta aí e toma um uisquinho pra relaxar.

- Hummm… Pensando bem, é uma boa idéia. Tem redileibou? Com energético, por favor.

O bandido pensa que está dobrando nosso herói, mal sabe ele que isso é só mais uma estratégia astuta para conseguir mais informações sobre a “organização”. Nunca contam com a astúcia de Chapaulinho!

- Então, amigo Chaps, o Luxa me pediu para entregar esse pacotinho pra você…

- Pacotinho? O que tem nesse pacotinho?

-  Um agradinho. Vinte e cinco mil reais. Pra selar a paz entre você e o Pofexô.

- HAHAHAHA, você não me conhece, rapaz. Eu sou incorruptível!

- Não se trata de corrupção, amigo. É que você tem escrito muita coisa a respeito do Luxa, ele só está querendo que você “desvie o foco” (piscadinha marota).

- “Desviar o foco?” EU SOU INDESVIÁVEL! Ahhh, quer saber? Eu vou embora, pensei que você ia me passar umas gravações maneiras e tal…

- VAI EMBORA, NADA (aponta uma PT 380 para a fuça de Chapaulinho)! Senta aí e pega o envelope!

- Mas, mas…

- Não tem “mas”, nem “menos”. Pega o envelope senão te mato agora!

- Mas eu não posso aceitar o dinheiro!

- VAI TER QUE ACEITAR, SIM (engatilha a arma)!

- Por favor, não se irrite! Tá bom, eu vou aceitar o dinheiro. Mas preciso espalhar pelo corpo, pra não fazer muito volume. Posso ir ao banheiro?

- AE, Chapaulinho, tá me tirando? Eu sei que você quer ir ao banheiro só pra fugir pela janela sem levar a grana! Estamos só nós dois aqui, por que não distribui a bufunfa na minha frente? Tem vergonha de ficar pelado na frente de homem?

Questionar Chapaulinho sobre questões íntimas sempre o deixa realmente nervoso:

- Olha lá, não é porque você tá com esse trabuco na mão me ameaçando que tem o direito de explorar a minha intimidade. Ou você me deixa ir ao banheiro, ou pode me matar aqui agora, porque sem isso eu não levo a grana!

 - Tá, tá, tá, TÁ! Toma o pacote. Você tem cinco minutos pra sair desse banheiro, senão eu meto bala lá dentro. Entendeu?

Nosso herói entra no WC, abre o envelope e a grana está lá, bonitinha: R$ 25.000,00. Com destreza, ele separa os montinhos, ajeita sobre uma mesa (sorte que aquele banheiro tinha mesa!), saca sua Chap-Tekpix e fotografa o butim dos malfeitores. Rápido como um raio, junta as notas e as guarda no armário do banheiro.

Mas, e agora? Como sair do WC sem “preencher os bolsos”?

- RÁ, não contavam com minha astúcia! Pego um bolo de papel higiênico e finjo ser a grana! Perfeito!

Chapaulinho sai do banheiro, assobiando para disfarçar o nervosismo:

- Pronto, amigo! A bufunfa tá aqui, guardadinha (mostra o bololô de papel). Posso ir agora?

- Trato é trato, amigo Chaps. Tá liberado. Vê lá, hein?

Chapaulinho, suando, sai pela rua em desabalada carreira:

- “Ufa! Que alívio.” TÁXI, TÁXI!

E agora, quem poderá nos defender?

18 de janeiro de 2012 por

É com extrema indignação que noticiamos a lamentável notícia da exclusão de Chapaulinho MultiCondenado do quadro de associados do Sport Club Corinthians Paulista.

Com essa decisão estapafúrdia cai o bem, prospera o mal. Bicheiros, bingueiros, taxinhas e outros integrantes nefastos daquela outrora honrada agremiação ganharam a batalha, mas perderão a guerra. “Evidente” que a exclusão é mais um ato de censura contra o mais combativo jornalista da Via Láctea. Mas Chapaulinho, como todo super-herói, nunca desiste. “Aquela gente” não perde por esperar. Eles não contam com sua astúcia!

A foto estampada acima é mais um Atestado de Idoneidade conferido ao Vingador Vermelhinho, e este só ele tem. Afinal, é o primeiro cidadão a ser expulso do clube em 101 anos de história.

“Este espaço” outorga solidariedade irrestrita ao Mais Justo dentre os Justos.

——————————————————-

“EM TEMPO”: Está marcada uma manifestação em apoio ao Periodista da Verdade, liderada pelas famosas Árvores do Parque São Jorge, que não terão mais para quem contar tudo o que sabem sobre os malfeitores.

Avaliação de Credibilidade

16 de dezembro de 2011 por

Crônica a um mentiroso que nunca se arrepende

29 de novembro de 2011 por

“Vistos. Trata-se de ação judicial promovida por MILTON NEVES FILHO em face de PAULO CÉZAR DE ANDRADE PRADO e MÍDIA SEM MÉDIA. Narra a petição inicial que o autor é pessoa conhecida no ambiente esportivo. Acessou o endereço eletrônico denominado como “Blog do Paulinho”, de autoria do réu, deparando-se com um texto intitulado “Crônica de um Mentiroso Arrependido”. (…). Afirma o autor que é alvo de seguidos ataques difamatórios praticados pelo réu, os quais tomaram proporções inaceitáveis. Requer, ao final, a condenação dos réus ao pagamento de indenização pelos danos morais sofridos. Citados por hora certa*, os réus apresentaram contestação pelo curador especial nomeado. Sustentam, em resumo, que o texto questionado não é claramente dirigido ao autor, mas pode ser uma sátira de um outro jornalista ou a vários. Alegam a defesa que as frases são dúbias e exageradas, de modo que não há ofensa ao autor. Réplica do autor. É o relatório. Decido. (…) Passo ao mérito. A liberdade de imprensa é pressuposto do Estado Democrático de Direito. A Constituição Federal de 1988 veda a interferência ou embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social. O direito de opinião e crítica dirigida a quem quer que seja deve ser resguardado. Observo que a atividade exercida pelo autor (jornalista esportivo) flexibiliza, e muito, os critérios de tolerância para o exercício da crítica. O futebol tem enorme repercussão na sociedade brasileira, verdadeira paixão nacional, despertando fortes emoções nos torcedores. Natural a crítica exacerbada aos jogadores, treinadores, comentaristas e dirigentes, até mesmo com a utilização de linguajar chulo. Não se espera que, numa partida de futebol, os torcedores se dirijam aos árbitros de maneira cordial. Não raro, os envolvidos são ofendidos com veemência, sem que isso represente maiores constrangimentos. Importante acrescentar, ainda, que muitas dessas ofensas têm abordagem humorística – ainda que questionável a qualidade do humor – o que afasta o caráter ilícito. Mas não é disso que se trata. O texto (fl. 38/39) publicado pelo réu é evidentemente dirigido ao autor. Não é um trabalho jornalístico. Não se enquadra na liberdade de imprensa, direito de informar. É pura e simples agressão. Despido de qualquer sutileza, acusa o autor de receber dinheiro para falar bem de jogadores, de venda de caráter, de falso testemunho em Juízo, fraude de documentos, dentre outros crimes. Não bastasse, ainda é desenvolvido na forma de uma suposta confissão, o que amplia o alcance das acusações feitas. O réu, citado por hora certa, preferiu não contestar. A defesa apresentada pelo curador especial não sustenta – e sequer seria possível fazê-lo – as acusações. Nessa ordem de idéias, parece evidente que o réu extrapolou o direito constitucional à livre manifestação do pensamento. Sob a justificativa de que pratica “jornalismo com credibilidade” escreve um texto grosseiro, com acusações seríssimas que dependeriam de comprovação (ou ao menos fortes indícios) para justificar sua publicação. Mas, como visto, isso não foi feito. O texto constitucional que garante a liberdade de expressão também protege a honra do ofendido. É o caso dos autos. Conforme demonstram os documentos que instruem o processo, o réu já foi condenado criminalmente em razão de suas manifestações ofensivas. A liberdade de imprensa, conquanto garantida constitucionalmente, deve ser exercida com responsabilidade e boa-fé, o que não se verifica na hipótese. Nessa ordem de idéias, cabível o pedido de indenização pelos danos morais sofridos. O montante deve levar em consideração o caráter pedagógico da indenização, evitando-se, contudo, o enriquecimento indevido do lesado. Assim, considero adequada a quantia de R$ 25.000,00. Ante o exposto, julgo parcialmente procedente a ação e o faço para condenar o réu ao pagamento de indenização pelos danos morais causados ao autor, a qual arbitro em R$ 25.000,00. O valor deverá ser corrigido pelos índices da tabela de atualização do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e acrescido de juros de mora de 1% ao mês, ambos com início a partir da publicação desta sentença. Em razão da sucumbência, deverá arcar a ré arcar com as custas e despesas incorridas pelo autor, bem assim com os honorários advocatícios que arbitro em 10% sobre o valor da condenação. P.R.I. São Paulo, 16 de novembro de 2011 Tom Alexandre Brandão Juiz de Direito”

—————————————————

* citação por hora certa (art. 227,  CPC): “Quando, por três vezes, o oficial de justiça houver procurado o réu em seu domicílio ou residência, sem o encontrar, deverá, havendo suspeita de ocultação, intimar a qualquer pessoa da família, ou em sua falta a qualquer vizinho que, no dia imediato, voltará, a fim de efetuar a citação, na hora que designar.

Família Pitta e seus fenômenos

10 de outubro de 2011 por

O atento amigo Ricardo enviou o print do post “antes da correção” chapauliniana, onde Chapaulinho Abilolado diz que Reinaldo Pitta (ex-empresário e “descobridor” de Ronaldo Fenômeno) é FILHO de Celso Pitta (falecido ex-prefeito de São Paulo).

“Desta feita”, a derrapada foi tão feia que nem o tradicional “corrigido*” – presente em 9 de 10 escrevinhadas do Vermelhinho – teve vez. Ele recebeu um comentário de advertência, foi lá e trocou “filho” por “parente”, sem passar recibo. Afinal, se Celso Pitta fosse pai de Reinaldo Pitta seria OUTRO fenômeno na família, pois a diferença de idade entre os dois é de CINCO ANOS.

Segundo o próprio Ricardo apurou, o finado Celso Pitta é primo (não se sabe de que grau) de Reinaldo.

O mais engraçado nessa história toda é que há tanta denúncia por aí contra Reinaldo Pitta que, se formos pensar bem, o fato dele ser “parente do Celso Pitta” não faz a menor diferença. Um era político em SP, morreu humilhado e no ostracismo, nunca mexeu com futebol. O outro é empresário de futebol, nunca se envolveu em política.

A brilhante conexão, neste caso, vem pela aplicação do T.G.J.I.C. (Teorema Geral do Jornalismo Investigativo com Credibilidade), ensinado nas melhores faculdades de Jornalismo e utilizado magistralmente “naquele espaço”, cuja equação fundamental transcrevemos:

Se “A” conhece “B” e “B” = VPC –> “A” =VPC, sendo VPC = Vassalo do Poder Corrompido. 

 

Delírios Explosivos

7 de outubro de 2011 por

O texto, para quem não consegue acessar o inacessível

Desculpem a ausência, amigos e amigas, mas a inacessibilidade do site de nosso herói, aliada à repetição insuportável de temas (Taxinha, Taxinha, Taxinha…) não inspirava “este escriba”. A má fase de Chapaulinho reflete diretamente “neste espaço”. Agora, SEMPRE que o Vingador Escarlate demonstra seu notório saber em todas as áreas do conhecimento humano, isto é motivo para mais um post.

Vejam essa do Engenheiro Ambiental Chapaulinho Congelado: segundo o laudo técnico assinado e com foto do perito (reproduzido acima), o risco de explosão de um DUTO da Petrobrás (que todos sabem por onde passa, é monitorado, pelo qual passa gás produzido sob controle da empresa) numa obra em construção é MAIOR (sim, MAIOR) do que a produção espontânea e descontrolada de gás metano proveniente de um LIXÃO aterrado, e sobre o qual ergueu-se um Shopping Center em pleno funcionamento, por onde passam milhares de pessoas diariamente.

A CETESB deveria fazer uma vistoria craniana no Vermelhinho, e exigir de seu dono a instalação de dutos para escoamento do chorume e gás metano provenientes de suas idéias fertilizantes. O risco de explosão daquela cabecinha anda muito alto.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 33 outros seguidores